09/03/2011

os tempos são

...  outros!
os "cara-pálida" já têm também as mãos sem cor. Alguns até o coração!
Procuram-se tribos que se procurem também.
Procuram-se tribos que não tenham a presunção de se ter encontrado.
Procuram-se vidas que se dêem por inteiro. Aqui, por dentro, também se procuram.
O tempo que ai vem... ou o tempo que nos permite a gentiliza de o vivermos vai ser de ...
incertezas que se pensam, colonizações que se receiam e invasões que se temem.

Acabou o Carnaval?

2 comentários:

estórias disse...

a minha mãe diz que o carnaval é todos os dias.

Deve ser como o natal.

Ás vezes é mais genuino que outras vezes.

Mas se quisermos, podemos mascarar a cara com nutela, ou as mãos... :)

E o carnaval fica mais bonito naqueles dias em que não é tão genuino:)

Elsa* disse...

máscaras em nós? que sejam doces, enérgicas e por dentro!
***